Governador garante entrega de 2,8 mil casas em Dourados até dezembro

Da Redação/JN

O sonho da casa própria virou realidade para mais 512 famílias de Dourados. Nesta segunda-feira (23), o governador Reinaldo Azambuja entregou as moradias do Residencial Ildefonso Pedroso e anunciou que até o final de seu mandato mais de 2,8 mil unidades habitacionais serão entregues na maior cidade do interior de Mato Grosso do Sul.

Foto Chico Ribeiro

“Até o final de 2018 nós teremos 2.845 unidades habitacionais entregues em Dourados, em quatro anos. Isso mostra uma grande parceria que nosso governo conseguiu construir com a Prefeitura e o Governo Federal”, afirmou Reinaldo Azambuja ao lado da prefeita Délia Razuk e do ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun.

Construído com investimentos de R$ 32,2 milhões da União, do Estado e do Município, o residencial faz parte do Programa Minha Casa, Minha Vida – FAR. As moradias estão localizadas na região Sul de Dourados, com acesso a posto de saúde e Centro de Educação Infantil (CEI), que está em construção. “Até o final de maio vamos voltar aqui para inaugurar essa escola para vocês”, garantiu o governador.

Cada apartamento possui 42 m² com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e circulação. O residencial, com 64 blocos, possui toda infraestrutura básica. Além de R$ 1,6 milhão destinado para a edificação dos 512 apartamentos, o Governo do Estado investiu outros R$ 351 mil para a ligação das moradias à rede de esgoto e construção de uma estação elevatória, além de R$ 228 mil em obras de drenagem.

A parceria entre os governos foi destacada pela prefeita Délia Razuk: “Se não fosse essa união não conseguiríamos entrar hoje esse conjunto habitacional. Aqui é o resultado do trabalho de muitos”. Ela ainda ressaltou que os apartamentos foram construídos em uma região que passa por um “crescimento acelerado” na cidade.

“Queremos que vocês sejam muito felizes aqui”, falou o ministro Marun aos beneficiários. A zeladora Pedrosa Gomes Canhete, 47 anos, foi uma das pessoas que garantiu o direito à moradia. “É uma sensação maravilhosa”, revelou. Antes Pedrosa pagava R$ 450,00 mensais de aluguel e agora vai investir R$ 90,00 na prestação do imóvel próprio.

Mais ações

Além de assegurar a entrega da unidade escolar que vai atender o Residencial Ildefonso Pedroso, o governador Reinaldo Azambuja afirmou que dará melhores condições à Saúde de Dourados com mais dois hospitais. “Daqui 15 dias vamos dar ordem de serviço para construção do Hospital Regional da Grande Dourados, que será vizinho do residencial. Será um novo hospital edificado numa parceria da bancada federal, Governo do Estado e Prefeitura Municipal”, anunciou.

“Vamos também fazer abertura do hospital São Luiz. É um hospital que o Governo alugou, que estava paralisado. Ele será exclusivamente para cirurgias eletivas, faremos ali de 300 a 500 cirurgias todos os meses para fazer novo atendimento hospitalar e diminuir as filas de esperas”, confirmou.

Também participaram da entrega de moradias o deputado federal, Geraldo Resende; os deputados estaduais, Zé Teixeira e Barbosinha; o secretário de Estado de Infraestrutura, Helianey Paulo da Silva; e a diretora-presidente da Agência de Habitação Popular de MS (Agehab), Maria do Carmo Avesani Lopez.

Comentários