Google é condenado a pagar R$ 500 mil por cena íntima de Cicarelli e namorado

Imagens da modelo em praia da Espanha, em 2006

Rio – A divulgação de cena ítima da modelo e apresentadora Daniella Cicarelli em balneário na Espanha, em 2006, saiu caro ao Google. Ontem, por determinação do Superior Tribunal de Justiça (STJ), o famoso site de busca foi condenado a pagar multa de R$ 250 mil a Cicarelli e o mesmo valor a seu namorado, o empresário Tato Malzoni, que aparece com ela na praia, supostamente em uma cena de sexo dentro d’água.

Cicarelli pode receber R$ 250 mil por divulgação de cenas na praia Foto: Caio Duran / Ag. News
Cicarelli pode receber R$ 250 mil por divulgação de cenas na praia Foto: Caio Duran / Ag. News

Em 2006, o casal foi filmado dentro do mar de Cádiz, na Espanha, e o vídeo foi publicado em diversas plataformas, entre elas o YouTube. Ambos pediram a retirada das publicações ao Google, e conseguiram decisão favorável no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), que determinava que a empresa devia impedir novas divulgações. A multa estabelecida era de R$ 250 mil diários.

A 4ª turma do STJ decidiu que o valor era alto demais, e julgou que o Google deve pagar apenas uma parcela da multa a cada um dos envolvidos. “Mesmo com a multa diária de R$ 250 mil poder-se-ia dizer que o valor para as partes atingiu patamares estratosféricos”, afirmou o ministro Luis Felipe Salomão, que relatou o caso. Segundo seus cálculos, o valor ultrapassaria R$ 160 mihões. A ação ainda cabe recurso, tanto dos advogados de Cicarelli quanto do Google.

O DIA

Comentários

comentários