Google Car que dispensa motorista começa a circular

Os carros do Google que se dirigem sozinhos começaram a circular em condições reais nas estradas do Vale do Silício, na Califórnia (oeste dos Estados Unidos) -mais precisamente na cidade de Mountain View, sede da empresa.

Google Car dispensa motorista e começa a andar nas ruas - Foto: Reprodução
Google Car dispensa motorista e começa a andar nas ruas – Foto: Reprodução

Por razões de segurança, a velocidade máxima dos veículos é de 40 km/h, a fim de limitar os custos caso o carro saia da pista ou colida com algum obstáculo.

“Durante essa fase do nosso projeto, teremos ‘motoristas de segurança’ à bordo com acesso a um volante, acelerador e freio que lhes permitem tomar o controle, se necessário”, informou o Google nesta quinta-feira (25).

Esses mecanismos foram as exigências impostas pelas autoridades da Califórnia para permitir avançar para a fase de experimentação em vias públicas. A empresa norte-americana obteve sinal verde da Califórnia em maio.

Até agora, a empresa de Mountain View só tinha o direito a circular alguns carros modificados Lexus, marca premium da Toyota. Até agora, a companhia reportou 12 acidentes envolvendo os protótipos -a maioria, afirma a companhia, foi causada por erros humanos causados pelos motoristas dos outros veículos.

Revelado há um ano, o Google Car é um pequeno carro elétrico de desenho simples -uma espécie de Smart mais arredondado- que acomoda até duas pessoas.

Ao embarcar em vias públicas, o Google espera conseguir mais dados para melhorar esta tecnologia, especialmente quando se trata de acontecimentos inesperados e ocasionais (desvios, calçadas, comportamento dos outros motoristas, etc.), para tornar o veículo capaz de ajustar sua trajetória e velocidade.

Google pretende comercializar o Google Car até 2020.

Folha.com

Comentários

comentários