Gasolina registra preço abaixo dos R$ 4 na Capital pela 3ª semana seguida

Da Redação

Após manter estabilidade nos últimos quinze dias em Campo Grande, preço médio da gasolina registrou leve alta na última semana em relação à anterior (+0,18%) e passou de R$ 3,984 para R$ 3,991. Apesar da alta, essa foi a terceira semana seguida que os valores praticados pelos postos campo-grandenses ficaram abaixo dos R$ 4,00, de acordo com levantamento de preços da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

No comparativo das últimas quatro semanas, conforme os números da agência, o preço do combustível apresentou queda de -1,11%. Na semana de 14 a 20 de julho, a gasolina custava em média R$ 4,036 na Capital sul-mato-grossense.

Em Mato Grosso do Sul, o preço médio da gasolina fechou a última semana em R$ 4,089, ficando praticamente no mesmo patamar da semana anterior (R$ 4.085), conforme a ANP. Em quatro semanas, o combustível também acumula queda de -1,11% no Estado.

MAIS COMBUSTÍVEIS

Quanto ao etanol, o biocombustível apresentou a segunda elevação seguida (+0,15%) e foi encontrado nos postos campo-grandenses pela média de R$ 3,263 na última semana. Nos sete dias anteriores, o valor do litro estava em R$ 3,258.

A média do Estado também seguiu em trajetória de alta e foi de R$ 3,345, na semana anterior, para a R$ 3,351 no período encerrado nesta última sexta-feira (10), o que representa variação de 0,18%.

Em relação a quatro semanas, quando o derivado de cana era comercializado por R$ 3,267 na Capital, o preço manteve-se estável. Já no comparativo da média encontrada no Estado (R$ 3,360), foi observada retração de -0,27%.

A ANP apura ainda os preços médios do diesel e de acordo com este levantamento, o litro do combustível ficou em R$ 3,524 na última semana em Campo Grande, o que representa aumento de 1,15% em relação à semana anterior (R$ 3,484). Já na comparação com a média de quatro semanas atrás (R$ 3,537), o resultado é de queda (-0,37%).

Em Mato Grosso do Sul, o preço do diesel subiu também voltou a subir nesta semana e foi de R$ 3,556 para R$ 3,580 (+0,67%). Porém em relação ao preço apurado em quatro semanas, o combustível está 0,25% mais barato no Estado.

GÁS DE COZINHA

Redução de preço no botijão de gás de cozinha de até 13 quilos para as distribuidoras, anunciada pela Petrobras no início do mês, ainda não chegou ao consumidor sul-mato-grossense e os preços médios do GLP (gás liquefeito de petróleo) permanecem sem alteração tanto na média praticada em MS quanto na Capital, Campo Grande.

Em valores, a média do combustível fechou até a última sexta-feira (10) em R$ 71,37 no Estado, diante de R$ 71,42 na semana anterior; Na Capital, o botijão de gás era comercializado nesta semana por R$ 68,97, enquanto na semana anterior o preço era de R$ 68,94.

Já no intervalo de quatro semanas, ocorreram recuos de respectivamente 1,4% e 2,1% no preço do combustível em MS e Campo Grande. Entre 14 e 20 de julho, os preços estavam em R$ 72,41 e R$ 70,50.

A Petrobras anunciou no dia 2 deste mês redução de 8,17% no preço do botijão de gás de até 13 quilos. A previsão era de que, a partir do dia 5, os botijões nas distribuidoras saíssem a R$ 24,06, o menor preço desde novembro do ano passado.

Comentários