Galo vence a Caldense por 2 a 1 em Varginha e assegura título estadual

O Atlético-MG sagrou-se campeão mineiro na tarde deste domingo, no estádio Dilzon Melo, em Varginha. Com gols dos atacantes Thiago Ribeiro e Jô, que não marcava há mais de um ano, o Galo venceu a Caldense por 2 a 1 e assegurou a conquista do torneio regional. Luiz Eduardo marcou pelo time do interior.

Atlético-MG vence a Caldense e sagra-se campeão mineiro (Foto: Pedro Vilela/ LANCE!Press)
Atlético-MG vence a Caldense e sagra-se campeão mineiro (Foto: Pedro Vilela/ LANCE!Press)

A conquista faz com que o Levir Culpi seja o maior vencedor da história do Campeonato Mineiro, com cinco títulos.

O JOGO

O primeiro tempo foi quase todo dominado pela Caldense. O time da casa criou as melhores oportunidades e, com o meio de campo dominado por Serginho, Yuri e Nadson, incomodou bastante a defesa adversária. O primeiro volante, inclusive, foi o responsável por acertar a trave esquerda de Victor.

O Galo, por sua vez, só levou perigo em lances de bola aérea. O zagueiro Leonardo Silva e o atacante Luan, ambos de cabeça, tiveram boas oportunidades de balançar a rede de Rodrigo Viana, mas cometeram erros nas finalizações.

A ausência de um organizador no meio de campo do Atlético fez com que o time tenha encontrado dificuldades. Escalado como volante nos últimos dois compromissos, o argentino Dátolo não se readaptou ao setor de criação e, sozinho, não encontrou boas alternativas para deixar os companheiros em boas condições de marcar.

A meiúca da Caldense, por sua vez, foi soberana. O time da casa sobrou tanto na marcação quanto na segunda bola. Os atletas de Léo Conde saíram jogando com facilidade e, por meio de lançamentos, exigiram bastante de Victor.

Diante da falta de criação do meio de campo, Levir Culpi efetuou mudanças no setor ofensivo. Giovanni Augusto e Thiago Ribeiro entraram nas vagas de Leandro Donizete e Carlos, respectivamente.

A forma de atuar do Galo alterou o ritmo do jogo. O atual vencedor da Copa do Brasil passou a chegar com mais frequência no campo adversário e, inclusive, alcançou o gol em jogada de Ribeiro. O atacante aproveitou desvio de Lucas Pratto e balançou a rede de Rodrigo.

Apesar do momento melhor do Atlético, a Veterana foi quem alcançou o resultado logo após o gol de Thiago Ribeiro. Victor rebateu cobrança de falta para o meio da área e o atacante Luiz Eduardo apenas empurrou para o fundo da rede.

Nos minutos finais da partida, Levir Culpi optou por colocar Jô na vaga de Douglas Santos. Com dois centroavantes em campo, o Galo tornou-se um time mais ofensivo. E o atacante desencantou após um ano sem marcar. Ele aproveitou cruzamento de Luan e marcou com a coxa esquerda.

FICHA TÉCNICA CALDENSE X ATLÉTICO-MG

Local: estádio Dilzon Melo, o Melão, em Varginha (MG)
Data-Hora: 3/5/2015, às 16h
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa/MG) e Janette Mara Arcanjo (Fifa/MG)
Público/Renda: 14.715 pagantes / R$ 733.000,00
Cartão amarelo: Paulão, Zambi, Luiz Eduardo, Rafael Estevam, Paulão (Caldense); Luan, Thiago Ribeiro, Leandro Donizete (Atlético-MG)
Gol: Thiago Ribeiro – 11’/2ºT (0-1); Luiz Eduardo – 14’/2ºT (1-1); Jô – 32’/2ºT (1-2)

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos (Jô – 30’/2ºT); Leandro Donizete (Giovanni Augusto – Intervalo), Rafael Carioca, Dátolo e Luan; Carlos (Thiago Ribeiro – Intervalo) e Lucas Pratto. Técnico: Levir Culpi.

CALDENSE: Rodrigo Viana; Marcelinho, Paulão, Plínio e Rafael Estevam; Serginho, Yuri, Nadson e Tiago Azulão (Léo – 35’/2ºT); Luiz Eduardo (Cristiano – 26’/2ºT) e Zambi (Ewerton Maradona – 17’/2ºT). Técnico: Leonardo Conde.

:LANCEPRESS!

Comentários

comentários