Gabigol dispara e já se aproxima da marca dos artilheiros do Fla em 2018

Lancepress/JP

Alexandre Vidal/Flamengo

Gabriel Barbosa está respondendo com gols toda expectativa criada com sua chegada à Gávea. O camisa 9 precisou de seis partidas para desencantar pelo Flamengo, mas, após marcar duas vezes contra o Madureira, chegou aos sete gols em 10 jogos, figurando entre os principais artilheiros do país neste ano. Em evolução e sem posição de preferência, Gabigol só deseja seguir ajudando.

– Acabei hoje (terça) pelo lado esquerdo, marquei o segundo gol assim. Tenho jogado em várias posições, tenho me sentido muito bem e onde o Abel precisar de mim, eu vou dar o meu máximo – afirmou o camisa 9, antes de completar:

– Sempre tenho o que evoluir. Com os jogos e com a preparação nas semanas, vamos melhorando. Estou me sentindo bem, forte, resistente, parei de sentir câimbras, o que é normal no começo do ano. Esperamos continuar evoluindo.

Vindo do Santos, o camisa 9 tem feito boa parceria com Bruno Henrique, com quem atuou no Peixe na temporada passada Apesar de ter o companheiro e também Everton Ribeiro abertos pelas pontas, Gabriel tem liberdade para flutuar. Foi assim que terminou a partida no Maraca, com Uribe centralizado.

Com o Flamengo garantido na semifinal do Estadual e na briga pelo título da Taça Rio, Gabigol pode ter até mais seis oportunidades no Carioca e está na disputa pela artilharia. Com cinco gols, está atrás de João Carlos (7), do Volta Redonda, Maxwell (7), do Resende, Luciano (6) e Yoni González (6), do Flu.

O centroavante, contudo, já superou Vinícius Júnior, que foi o principal goleador do Flamengo no Carioca de 2018, com quatro gols. Além do mais Gabigol já não está tão distante da marca de Henrique Dourado e Lucas Paquetá, os artilheiros rubro-negros na última temporada: 12 gols marcados por cada um.

Comentários