Funtrab ultrapassa 340 mil atendimentos e ajuda MS a ser 2° na geração de empregos no País

Da Redação

Funtrab (Fundação do Trabalho) ultrapassou 340 mil atendimentos e, com isso, ajudou o Estado a ser 2° na geração de empregos no País. Os dados são da última atualização do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) que apontam 11 meses de saldo positivo de postos de trabalho no comparativo de agosto de 2018 a agosto de 2019, colocando MS em 2º lugar no acumulado do ano na geração de empregos formais.

Presente em 31 municípios do Estado, incluindo a Capital, a Fundação do Trabalho realizou nos primeiros nove meses do ano, 344.844 mil atendimentos. Os números de admissões no Estado são maiores que as demissões, sendo 178.221 contratações para 160.055 demissões. O saldo é de 18.166 novas vagas de trabalho no período de janeiro a agosto, enquanto alguns estados da federação, como Alagoas e Pernambuco, apresentam saldo negativo.

Outro ponto positivo para o Estado, de acordo com o diretor presidente da Funtrab, Enelvo Felini, é o índice de aprovação do Ministério do Trabalho. “Existe um índice mínimo de aprovação que é de 5%, e nós estamos com as nossas intermediações de contrato em 7,5%, ou seja, MS está bem acima da média”, pontua.

O gestor atribui os números positivos a diversos fatores, sendo um deles o alto padrão de confiabilidade da seleção encaminhada pela Funtrab às empresas, que recebem os três melhores candidatos a cada vaga ofertada. Antes disso, o candidato passa por um processo de triagem, com psicólogos e assistentes sociais. “Buscamos o melhor, dentro do perfil solicitado”, explica.

A intermediação de vagas de emprego não tem custo para as empresas, que avaliam de forma positiva e segura o trabalho desenvolvido. Representante de uma empresa nova no mercado, e que deve gerar de 300 a 500 novas vagas de emprego de prestação de serviços até o final do ano, Ermesson Fávero destaca o nível de confiabilidade da seleção. “Para nós contratarmos é bastante dificultoso, pois demanda tempo e pessoal. Através da Funtrab, já será direcionado um profissional mais qualificado e específico para o setor que vamos fazer a contratação. Isso é muito positivo para o empreendedor”, destacou.

A Fundação que atualmente conta com 273 mil cadastros ativos no seu banco de dados, tem a função de integrar ações de atendimento aos trabalhadores e empregadores, favorecendo a inclusão social. Além do direcionamento para vagas disponíveis, a Funtrab também oferta cursos através da Casa de Qualificação que auxilia no aprimoramento do currículo e amplia as habilidades e competências do trabalhador, potencializando as chances de conquistar uma vaga no mercado de trabalho.

Comentários