Funcionários são indiciados por furto de R$ 450 mil do Atacadão

Após passarem dois anos desviando dinheiro do supermercado Atacadão, Eurides Lopes de Freitas, 42 anos, José Romero de Lima, 41 anos, e Antônio Pereira Sobrinho, 57 anos, foram descobertos pela polícia. Eles furtaram R$ 450 mil do Atacadão da Avenida Cônsul Assaf Trad.

Foto: Divulgação PC
Foto: Divulgação PC

De acordo com o delegado Reginaldo Salomão, a Delegacia Especializada em Repressão a Roubos e Furtos (Derf), recebeu uma denúncia da gerência do supermercado em novembro, informando um possível desvio de dinheiro. Após investigações, a polícia chegou até os autores do furto.

Eurides era funcionário da empresa há 18 anos e o mentor do crime. Durante as férias da  supervisora, ele conseguiu a senha de pagamentos e começou a desviar o dinheiro. Ele estava praticando o crime desde janeiro de 2014.

Delegado explicou como o trio agia. Foto: Kerolyn Araújo
Delegado explicou como o trio agia. Foto: Kerolyn Araújo

O golpe funcionava da seguinte maneira: a empresa comprava um grande quantidade de cerveja e o frete já era incluso, porém Eurides fazia a transferência do dinheiro como se fosse para pagar pelo transporte da carga. O valor desviado, aproximadamente R$ 1.500 mil por dia, eram depositados nas contas de José e Antônio, que eram motoristas terceirizados do supermercado. “Quando chegava o fim de semana, os três se reuniam, somavam o valor desviado da semana e dividiam o dinheiro”, explicou o delegado.

Com Antônio, a polícia conseguiu recuperar R$ 30 mil e com José, R$ 20 mil. Já com Eurides, foram encontrado R$ 4 mil que estavam escondidos embaixo de um colchão e um veículo Renault Sandero, que foi comprado com o dinheiro furtado. 

Como não houve flagrante, o trio foi ouvido e liberado. Eles responderão em liberdade pelos crimes de furto mediante fraude e majorado pelo concurso de pessoas.

Kerolyn Araújo

Comentários

comentários