Funcionários de clínica que vazaram vídeo de corpo de Cristiano Araújo serão indiciados pela Polícia Civil

A Polícia Civil de Goiás vai indiciar dois funcionários da Clínica Oeste pelo vazamento de um vídeo da preparação do corpo do cantor Cristiano Araújo para seu funeral. A informação foi confirmada pelo titular do 4ª Distrito Policial de Goiânia, Eli José de Oliveira, que diz ter o inquérito praticamente concluído. Os empregados, que já prestaram depoimento sobre o caso, vão responder por vilipêndio a cadáver, crime previsto no artigo 212 do Código Penal Brasileiro e consiste em “profanar, desrespeitar ou ultrajar o cadáver”.

Funcionários vão ser demitidos da empresa e indiciados pela Polícia Civil Foto: Reprodução Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/brasil/funcionarios-de-clinica-que-vazaram-video-de-corpo-de-cristiano-araujo-serao-indiciados-pela-policia-civil-16562948.html#ixzz3eAmfpHTg
Funcionários vão ser demitidos da empresa e indiciados pela Polícia Civil Foto: Reprodução

Segundo o delegado, no depoimento, a funcionária que aparece nas imagens admitiu o erro, que considerou um “vacilo”. Ela contou à polícia que mostrou as imagens a um colega de faculdade, identificado apenas como Leandro, que compartilhou o vídeo. Ele também vai ser indiciado.

— O inquérito já está praticamente todo concluído. Os funcionários todos já foram ouvidos e a investigação já está praticamente encerrada. A menina veio aqui e disse que foi um vacilo dela e dos outros funcionários. Disse que trabalha na clínica há quatro anos, que conhece o regimento interno, que sabe que não pode fazer foto, vídeo, nada, mas que por um vacilo aconteceu. Disse que um rapaz percebeu que ela estava filmando e depois mostrou pra um amigo, que provavelmente passou adiante — explica o delegado.

Funcionária diz que vazamento de vídeo foi um “vacilo”
Funcionária diz que vazamento de vídeo foi um “vacilo” Foto: Reprodução
Ao todo, três funcionários vão ser indiciados. Só dois deles aparecem no vídeo
Ao todo, três funcionários vão ser indiciados. Só dois deles aparecem no vídeo Foto: Reprodução

Se condenados, os funcionários podem pegar pena de um a três anos de detenção e multa. Os empregados, que não tiveram a identidade revelada, vão ser demitidos por justa causa, segundo a clínica, que divulgou nota oficial nesta quinta-feira repudiando o vazamento das imagens. No comunicado, a empresa informou que “repudia com veemência o ato dos dois funcionários que, de maneira mórbida, gravaram e divulgaram tais imagens”.

O vazamento das imagens gerou revolta entre fãs de Cristiano Araújo na internet. Centenas deles foram até a página oficial da Clínica Oeste no Facebook para criticar a postura dos funcionários envolvidos no caso. Mesmo após a divulgação do comunicado oficial, centenas de internautas seguem revoltados com o ocorrido.

Clínica fica em Goiânia, Goiás
Clínica fica em Goiânia, Goiás Foto: Google Maps

Uma postagem específica chamou a atenção dos internautas. No início de junho, a clínica compartilhou em sua página uma foto da princesa Diana, lembrando que “o corpo da princesa foi submetido ao processo de tanatopraxia em 1997, embora o seu corpo jamais tenha sido exposto publicamente”. Nos comentários, usuários da rede social ironizaram a publicação. “Se tivesse passado por vocês, o mundo inteiro teria visto o cadáver”, diz um deles. Em outro comentário, uma pessoa escreveu que era uma “ironia ler a postagem depois do que seus funcionários vazaram na internet.”

EXTRA

Comentários

comentários