Funcionário usa perfil de patrocinadora para zoar Fla e é demitido

Post da patrocinadora zoando o clube (Foto: Reprodução/Twitter)

Um funcionário de uma patrocinadora do Flamengo cometeu uma enorme gafe durante o jogo entre o Rubro-Negro e o Grêmio, pela Libertadores, na noite de quarta-feira. A gafe foi tão grande que ele se tornou um ex-funcionário da empresa.

Aos 21 minutos do primeiro tempo, Everton Ribeiro abriu o placar para o Flamengo, mas o árbitro Néstor Pitana usou o VAR para captar uma falta de Gabigol em Kannemann e invalidar o gol do meio-campista – um dos três gols anulados do clube na partida. Antes disso, o perfil oficial do Flamengo comemorou efusivamente o gol do meia. Logo em seguida, o perfil oficial do app Buser, que patrocina o Flamengo, ironizou o fato para ‘zoar’ o clube. Confira abaixo:

Post da patrocinadora zoando o clube
Post da patrocinadora zoando o clube (Foto: Reprodução/Twitter)

O post foi rapidamente deletado, mas como nada escapa na Internet, alguns torcedores salvaram a imagem da provocação e espalharam através das redes sociais. A atitude, que pegou muito mal entre a torcida do Flamengo, foi explicada através de uma nota oficial emitida pela empresa. Segundo o comunicado, o responsável foi desligado.

– Comunicado oficial: Alguém mal intencionado usou nossa conta para fazer um comentário em um post do Flamengo. A Buser não teve nenhum vínculo com essa atitude, e, ao saber, desligamos os envolvidos imediatamente da empresa. Pedimos perdão à toda Nação Rubro-Negra – afirmou

Comentários