Funcionária do Gaeco desaparece após receber ligação na Capital

Christiane Naomi Hiratsuka, 38, está desaparecida desde às 9h de ontem em Campo Grande. Ela é A servidora pública e atua no Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), órgão vinculado ao Ministério Público Estadual.

De acordo com informações da família, foi registrado um boletim de ocorrência de desaparecimento na noite da sexta-feira (9). Consta que Christiane estava no trabalho quando, por volta das 9 horas, recebeu uma ligação. Ela pegou as chaves do carro, um Nissan March vermelho, placas QAD-3033, e saiu sem avisar para onde iria.

A servidora deixou a carteira com os documentos e dinheiro no trabalho. A última visualização no aplicativo WhatsApp, segundo o relato da família, foi às 9h18. Ela não retornou ao Gaeco e nem foi para casa.

A irmã, Luciana Hiratsuka Tamura, diz a família não tem ideia do que pode ter acontecido e que Christiane nunca saiu sem dar notícias à família.

Christiane mora com os pais e, segundo familiares, não tem namorado. Quem tiver informações podem entrar em contato por meio do telefone (67) 98128-7385 e 3026-6814.

Comentários