Forças de Segurança reforçam fiscalizações em MS mesmo sem festas de Carnaval

Sem as festividades típicas de Carnaval, nesta ano, Mato Grosso do Sul continuará contando com a fiscalização redobrada das polícias Rodoviárias Federal e Estadual, Militar e Civil. Em Campo Grande, a Guarda Civil Metropolitana (GCM) fará ações em pontos específicos da capital entre os dias 12 e 14 de fevereiro.

Foto: PRF/ Divulgação

Em Mato Grosso do Sul, algumas cidades revogaram ou mantiveram o ponto facultativo de Carnaval, mesmo diante das medidas, os agentes de segurança pública estarão nas ruas e rodovias de todo o estado. Veja como serão as operações de segurança em Mato Grosso do Sul:

Polícia Rodoviária Federal – De olho nas rodovias de Mato Grosso do Sul, a polícia Rodoviário Federal (PRF) apontou a BR-163 como uma das principais pontos de alerta e fiscalização do estado. A BR que corta todo o estado terá atenção redobrada por parte dos agentes da PRF.

A “Operação de Carnaval” começará nesta sexta-feira (12) e vai terminar somente na próxima quarta-feira (17). A ação terá como área de cobertura 3.600 quilômetros. Mesmo com a pandemia, o inspetor da PRF, Tércio Baggio disse que o número de veículos nas rodovias será maior neste ano.

Polícia Rodoviária Estadual – Serão mais de 15 mil quilômetros fiscalizados pela polícia Rodoviária Estadual (PRE) durante os seis dias da “Operação de Carnaval 2021”. Os policiais vão reforçar a segurança nas rodovias estaduais a partir desta sexta-feira (12) e seguem até o dia 17 de fevereiro, que seria a quarta de cinzas.

De acordo com a PRE, o cancelamento das festas de Carnaval poderá estimular a viagem dos sul-mato-grossenses para cidades turísticas dentro do próprio estado. O comandante da PRE, tenente-coronel Wilmar Fernandes, explicou que além do cuidado com as rodovias estaduais, vão combater o tráfico de drogas.

O tráfico de drogas, contrabando, descaminho e outros crimes que ocorrem nas estradas serão alvos de repressão das equipes da PRE, segundo o tenente-coronel Wilmar Fernandes. Para realizar denúncias, basta ligar no número 198.

Polícia Militar – Desde esta sexta-feira (12), e até a próxima quarta-feira (17), a polícia Militar (PM) pretende reforçar o policiamento em todos os municípios de Mato Grosso do Sul. Com base em um plano de fiscalização montado pela PM, policiais que estão em formação também vão para as ruas.

Segundo a PM, o policiamento contará com o reforço de 60 alunos do curso de formação de soldados que serão distribuídos pelos municípios de Dourados, Rio Verde de Mato Grosso do Sul, Três Lagoas, Chapadão do Sul, Corumbá e Bonito.

O coronel da PM, André Henrique Macedo explicou que a polícia irá até aos locais denunciados por aglomeração, a fim de coibir as atitudes que possam amplificar a disseminação do novo coronavírus.

Polícia Civil – A polícia Civil informou em nota que terá reforço do efetivo em Campo Grande e no interior do estado. Na capital, as delegacias de Pronto Atendimento aos Cidadãos funcionarão em regime de plantão. O mesmo esquema será seguido pela delegacia especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) e no centro especializado de Polícia Integrada (CEPOL).

Guarda Civil Metropolitana de Campo Grande – Para fiscalizar as possíveis aglomerações de carnaval, a Guarda Civil Metropolitana (CGM) de Campo Grande fará ações em pontos da capital entre os dias 12 e 14 de fevereiro. A operação tem como intuito coibir aglomerações “alusivas à festa de carnaval”, levando em consideração o atual quadro da pandemia.

Durante os três dias, a CGM colocará todo o efetivo de guardas nas ruas, serão 46 profissionais e 30 viaturas. As equipes terão como prioridades três locais com potencial de aglomerações na capital, sendo eles: altos da avenida Afonso Pena; mirante do Aeroporto Internacional de Campo Grande; e a Esplanada Ferroviária.

Além dos pontos considerados prioritários, também serão destinados agentes da GCM até à Praça do Papa, Lagoa Itatiaia e Orla morena.