Flávio César registra BO e convoca Bernal após presença de PMs armados na Câmara

Ao término da reunião convocada emergencialmente pelo presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, vereador Flávio César (PTdoB), com os demais vereadores – após a constatação de que dois policiais militares à paisana foram cedidos ao gabinete do prefeito Alcides Bernal (PP), teriam vindo à Casa de Leis, armados para fazer a segurança da vereadora Luiza Ribeiro (PPS), por determinação do prefeito – a sessão foi retomada.

22bo

O presidente da Casa comunicou aos presentes à sessão, que se ausentaria temporariamente para ir a uma delegacia em companhia do chefe de segurança da Casa para registrar boletim de ocorrência. relativo ao ocorrido.

Flávio César afirmou que tantos servidores quanto vereadores entraram em pânico pela presença dos oficiais. A segurança da Câmara foi acionada e os policiais militares deixaram a Casa.

A vereadora afirma que não conhece os policiais e negou que eles faziam segurança dela. “Nunca tivemos segurança violada, não pedi segurança armada. Vou falar com o prefeito até para acabar com esse clima”.

A dupla armada na Câmara saiu por orientação da equipe de segurança da casa. Em poucas palavras, eles haviam dito que eram policiais civis e estavam no local por “ordem de cima, do céu”.

Um requerimento para votação em regime de urgência foi apresentado para que o prefeito Alcides Bernal e os dois policiais prestem esclarecimentos aos vereadores.

Silvio Ferreira

Comentários

comentários