Flamengo sobe oferta e encaminha chegada de Arrascaeta, do Cruzeiro

Lancepress/JP

Arrascaeta está perto de ser anunciado como reforço do Flamengo

A “novela Arrascaeta” está próxima de ter um desfecho positivo para os rubro-negros. As reuniões no Uruguai entre representantes de Flamengo e Cruzeiro, além do empresário do meio-campista, Daniel Fonseca, fizeram a negociação aproximar-se de um fim, no qual o atleta defenderá o clube da Gávea em 2019.

Para isso, o Flamengo subiu para 12,5 milhões de euros (R$ 53,12 milhões) a proposta por 50% dos direitos de Giorgian De Arrascaeta que pertencem ao Cruzeiro e os Supermercados BH. A primeira oferta foi de 10 milhões de euros.

Agora, para a concretização da vinda de Arrascaeta para o Flamengo, faltam as trocas de documentos e outras questões burocráticas para, enfim, o meia ir ao Rio de Janeiro, ser submetido a exames médicos e assinar contrato. O empresário André Cury é quem está respondendo pelo Cruzeiro, enquanto o CEO Bruno Spindel tomou a frente das tratativas por parte do clube da Gávea.

A negociação entre os clubes e os empresários de Arrascaeta teve “momentos quentes”, com troca de acusações – via imprensa – entre Itair Machado, VP de futebol do Cruzeiro, e Daniel Fonseca, agente do jogador, e até com o clube mineiro acionando o Flamengo na Fifa e na CBF por aliciamento ao jogador.

A PARTE FINANCEIRA

Com os 12,5 milhões de euros, o Flamengo pretende comprar os 25% dos direitos de Arrascaeta que pertencem à Raposa e outros 25% do direitos do jogador pertencentes aos Supermercados BH. As dívidas do Cruzeiro com o clube carioca e Defensor (URU), onde o meia foi revelado, é que ainda são discutidas.

O Flamengo cobra R$ 4 milhões do Cruzeiro pela venda de Mancuello. O clube mineiro, por sua vez, contesta o valor cobrado, o qual inclui juros, e o caso é discutido na Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD) da CBF.

Além disso, o Cruzeiro está em débito de 4 milhões de euros com o Defensor pelas compras de Arrascaeta. A ideia da direção da Raposa é repassar essa dívida ao Flamengo, enquanto o clube da Gávea quer que esse valor esteja incluso nos 12,5 milhões oferecidos.

Outra possibilidade estudada pela direção rubro-negra é negociar a dívida do Cruzeiro e adquirir, junto ao Defensor, os 25% dos direitos do meia ligado ao clube uruguaio, ficando, no fim, com 75% dos direitos do atleta de 24 anos.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu cometário!
Por favor, insira seu nome aqui