Fla pega Bangu com reservas; capitão da Copinha estreia, e Ederson joga

O último treino rubro-negro da semana antes do jogo com o Bangu, marcado para este sábado, em Volta Redonda, confirmou que Muricy Ramalho levará uma equipe integralmente formada por reservas. Nesta sexta, o foco foi em bola parada, e o time titular foi o seguinte: Alex Muralha, Pará, Léo Duarte, César Martins e Chiquinho; Márcio Araújo, Canteros e Ederson; Gabriel, Thiago Santos e Felipe Vizeu.

Cesar Martins Flamengo concedeu entrevista (Foto: Globo Esporte)
Cesar Martins Flamengo concedeu entrevista (Foto: Globo Esporte)

 

Após a atividade, César Martins concedeu entrevista coletiva e tratou de dar força a Léo Duarte, capitão da equipe que venceu a Copinha em janeiro. O defensor destacou que o jovem de 20 anos, confirmado para fazer seu primeiro jogo como profissional, pega carona com ele diariamente para os treinamentos.

– Eu adotei ele. Sempre levo para casa, ele e o Ronaldo. Já fizeram muito isso comigo no Benfica. O Luizão e outros brasileiros fizeram, e estou podendo fazer com outras pessoas. Léo é uma pessoa quieta, não é de falar. Tem uma qualidade enorme e muita bola para se firmar no Flamengo. Foi capitão do sub-20 e isso é uma prova. Falei: “Não para de treinar que uma hora a oportunidade vai chegar”. Não converso com ele porque sou muito mais velho ou experiente. Tento falar algumas coisas pelas quais já passei. Primeiro jogo com profissional é difícil, mas ele vai se sair bem – apostou.

César também revelou que Ederson iniciará a partida. O camisa 10 não joga desde 22 de novembro, quando participou do empate por 1 a 1 com a Ponte Preta.

– Ele já é um caso muito à parte. Ficou na Europa 10 anos. É uma reestreia. Ele está ansioso como todos nós, mas vai voltar bem, e todos estão confiando nele.

Embora seja um time totalmente novo para o duelo com o Bangu, César pede tranquilidade aos novatos para conquistar uma vitória, que, se for obtida por 0,5 a 0, está valendo na visão do defensor.

– É uma chance que está dando para todos mais uma vez, agora sem nenhum titular. Como falei da outra vez, temos elenco grande e qualificado. Todos que entrarem vão tentar fazer o mesmo papel que o time de cima está fazendo. Estamos encarando como um jogo muito especial pela oportunidade, mas também precisamos de tranquilidade. 0,5 a 0 amanhã é goleada, brincamos que a torcida de Volta Redonda está mal acostumada. Em dois jogos, 10 gols. Vamos tentar repetir isso, mas 0,5 pra gente é goleada – encerrou.

Comentários

comentários