Filho mata o pai a golpes de foice após discussão

Será sepultado nesta segunda-feira em Pedro Gomes, cidade a 388 km de Sidrolândia onde mora sua família, o trabalhador rural Abadio Eugênio, 57 anos, assassinado sábado à noite pelo próprio filho, de 23 anos identificado até o momento como Valdo.

Foro Divulgação/Região News
Foro Divulgação/Região News

Os dois estavam trabalhando há seis meses na instalação de cerca numa propriedade vizinha a Fazenda Portal do Sol, perto do Assentamento Santa Mônica, em Terenos, a 10 quilômetros de Quebra Coco. O traslado do corpo foi providenciado por um sobrinho da vítima e está sendo feito pela PAX Bom Jesus.

A Polícia não conseguiu localizar o suspeito do crime que fugiu logo após matar o pai a golpes de foice por volta das 21h30 do sábado. Ele conseguiu garantir uma boa dianteira na fuga porque só na manhã deste domingo a Polícia esteve no local para remover o corpo que passou por necropsia em Sidrolândia.

Segundo a Polícia Militar, Valdo, depois de matar o pai, investiu contra outro funcionário da fazenda, José Gomes de Freitas, que precisou se esconder no seu quarto da casa que os três dividiam. O caseiro ficou trancado até por volta das 7 horas da manhã desde domingo, quando encontrou o corpo da vítima e conseguiu acionar a Polícia por volta das 9 horas.

Ele preferiu não se arriscar em deixar o local durante a noite e na madrugada. O seu temor é que o assassino ainda estivesse na propriedade e tentasse atacá-lo novamente. Valdo fugiu, tomando rumo de Dourados, levando dinheiro e telefone celular, na caminhonete Montana de cor preta placas AVJ-9041, de Londrina – PR, que teria adquirido na ultima quinta-feira, em sociedade com o pai. O veículo teria sido adquirido do fazendeiro e seria paga com o serviço de ambos.

Com Informações Região News

Comentários

comentários