Filho de bombeiro morre atropelado por carreta em frente a rodoviária

O estudante de 23 anos, filho de um oficial bombeiro de Dourados, morreu atropelado em frente doTerminal Rodoviário. A vítima, Elber Moreira Veron, residente na região do Jardim Cuiabá (perto da Vila Industrial), seguia numa bicicleta rumo à escola, por volta das 18 horas de ontem, quando ocorreu o acidente.

Foto Dourados Agora
Foto Dourados Agora

Elber colidiu lateralmente na carreta Scania R-480 vermelha e placa de Dourados, conduzida por um motorista de 42 anos. O acidente aconteceu no cruzamento da Avenida Marcelino Pires com a Rua dos Cauiás.

A carreta havia acabado de deixar a empresa e seguia no sentido ao centro, quando o rapaz caiu embaixo de uma das rodas e sofreu traumatismo craniano severo.

A perícia descobriu que ele é filho de um bombeiro, o sargento Eldo Augusto Veron, quando verificou os documentos que estavam no bolso do jovem.

O motorista da carreta prestou depoimento junto à Delegacia da Polícia Civil de Dourados. O corpo está sendo velado na Igreja Metodista, na Vila Ubiratan.

Conforme noticiado, ontem, pelo jornal Douradosagora, uma pessoa morreu e outra ficou ferida em acidente, ocorrido por volta das 17h30 de segunda-feira, na rodovia MS-370, entre a BR-163 e o distrito de Panambi, na região do Presídio Estadual de Dourados.

Segundo a polícia, Juninho da Silva Concianza, de 19 anos, morreu no local e o primo, Odair Araújo, ficou ferido. Eles retornavam do trabalho para casa, em duas bicicletas, quando foram atingidos por um veículo Gol vermelho de Dourados, conduzido por um homem de 76 anos residente no distrito de Panambi.

Comentários

comentários