Fifa confirma Brasil entre os candidatos a sediar Copa feminina de 2023

Placar/JP

A seleção dos Estados Unidos comemora o título da Copa do Mundo feminina após vencer a Holanda, em Lyon, na França – 07/07/2019 (Foto: REUTERS/Bernadett Szabo/Reuters)

A Fifa confirmou nesta terça-feira (3) que o Brasil segue entre os oito candidatos a receber a edição de 2023 da Copa do Mundo feminina de futebol. Também estão na disputa África do Sul, Argentina, Austrália, Colômbia, Japão e Nova Zelândia.

As Coreias do Sul e Norte, segundo informações da entidade, preparam uma candidatura conjunta para sediar a Copa. A partir de agora, as federações interessadas terão até o dia 13 de dezembro deste ano para enviar o livro das candidaturas, com o compromisso para ser organizadora, além dos documentos exigidos pela Fifa.

A entidade destacou que nenhum país poderá se apresentar como candidato, mas poderá se juntar a algum dos oito projetos confirmados até o momento. Em janeiro de 2020, a Fifa deverá realizar as inspeções nas possíveis sedes. A princípio, a escolha será quatro meses depois, em maio.

O Mundial de 2023 será disputado pela primeira vez por 32 seleções. A seleção americana superou a Holanda e ergueu a taça da Copa do Mundo deste ano, sediada pela França, a última no formato com 24 equipes.

Comentários