Fifa cogita acabar com empréstimos de jogadores, diz revista

Gazeta Espotiva.con

Entidade máxima do futebol pode tomar medida radical acerca do assunto (Foto: Michael Buholzer/AFP)

Segundo a revista francesa France Football, a Fifa está estudando novas regras para o empréstimo de jogadores entre os clubes, e cogita inclusive proibir essa modalidade de transferência. Para a entidade máxima do futebol, esse tipo de negócio acabou tomado por especulações, o que prejudica aquela que deveria ser a principal utilidade do empréstimo.

Emprestar um jogador deveria ter como objetivo dar minutos de jogo a jovens atletas que não têm espaço em seus clubes formadores. No entanto, para a Fifa, isso se modificou totalmente, e a prática passou a ser algo danoso ao esporte. Essa cessão de jogadores, que em muitos casos envolve pagamentos, transformou-se em uma verdadeira vitrine, tendo como objetivo gerar benefícios financeiros ao clube detentor dos direitos do atleta em uma possível venda futura. Exemplos disso são clubes como a Juventus, que tem 41 jogadores emprestados na atual temporada, e o Chelsea, com 22.

Ainda segundo a publicação, a medida já vem sendo estudada há meses, e pode ser proposta na próxima reunião do Comitê Executivo, em outubro.

Comentários