Fiems transfere para o dia 11 a realização da 1ª Ação Cidadania

acaoecidadania1
A meta é promover 3 mil atendimentos em diversos serviços em áreas de saúde, cidadania, educação e cultura.(Foto: Divulgação)

Em decorrência da forte chuva que caiu sobre Campo Grande nos últimos dias, o Sistema Fiems e a TV Morena decidiram transferir para o dia 11 de julho, das 8 às 15 horas, a realização da 1ª Programa Ação Cidadania, que estava programada para este sábado (04/07) no quadrilátero formado pela Avenida Arquiteto Vila Nova Artigas e ruas Galadio, Prímula e Gerbeira, na divisa entre os bairros Jardim das Hortências e Aero Rancho VI. A iniciativa, que tem o apoio de outras entidades e empresas privadas, levará os serviços das áreas de saúde, cidadania, educação e cultura para os moradores da região e, posteriormente, os cursos gratuitos de qualificação profissional do Sesi e Senai e o encaminhamento para estágio pelo IEL.

Segundo o presidente da Fiems, Sérgio Longen, o objetivo é integrar as ações de cidadania do Sesi, Senai e IEL em Campo Grande. “Além disso, o evento vai marcar o início de um novo formato de disponibilização dos cursos gratuitos de qualificação profissional do Sesi e Senai e do encaminhamento de estudantes para estágio pelo IEL nos bairros da Capital”, informou, destacando a expertise do Sesi na realização de eventos de cidadania em conjunto com os parceiros.

A primeira edição do Ação Cidadania tem como meta promover 3 mil atendimentos em diversos serviços, que incluem aferição de pressão arterial, orientação sobre escovação com entrega de kit odontológico, consultas e exames de prevenção ao câncer, controles de vetores, orientações sobre consumo de água e energia, emissão de Carteira de Trabalho, de CPF, de RG e de Título Eleitoral, orientação jurídica, corte de cabelo, pintura facial, brinquedos infláveis, sorteio de brindes, entre outros.

O Programa

Após a realização das ações de cidadania, em um segundo momento, o Programa levará diretamente aos moradores dos bairros beneficiados de Campo Grande os cursos profissionalizantes gratuitos do Senai, os cursos gratuitos de inclusão digital do Sesi e o encaminhamento de estudantes para estágio pelo IEL. Para viabilizar esses procedimentos, o Sistemas Fiems disponibilizará as salas de aula móveis e as carretas do Senai, bem como o ônibus e a van de inclusão digital do Sesi, além das sedes das associações de moradores dos bairros quando necessária.

De acordo com a Fiems, o objetivo é buscar nos bairros a mão de obra em falta nas indústrias da Capital, pois muitas pessoas deixam de fazer os cursos gratuitos oferecidos por Sesi e Senai por falta de recursos financeiros para se deslocar até o centro da cidade. No caso do Sesi, são 1.000 vagas nos cursos gratuitos de informática básica, administre seu dinheiro de forma consciente, saúde do homem, saúde da mulher, hipertensão, prevenção ao câncer de pele, noções básicas de segurança de alimentos, entre outros, enquanto o Senai disponibiliza 3.763 vagas em 21 cursos gratuitos, incluindo assistente de contabilidade, ajustador mecânico, almoxarife, costureiro eclético, eletricista instalador residencial, mecânico de máquina reta e overloque, mecânico de manutenção e motores ciclo otto, pedreiro, pintor, operador de computador, entre outros.

Comentários

comentários