Festival Gastronômico terá 15 chefs de renome internacional em Maracaju

Acontece de 9 a 11 de novembro, a segunda edição do Festival Gastronômico – Serra de Maracaju. O evento acontece no parque de exposições Libório Ferreira de Souza, em Maracaju, a 160 quilômetros da Capital.

No ano passado cerca de 3.500 pessoas passaram pelo festival, este ano a expectativa é de 5 000 pessoas durante os três dias de evento,”são 15 chefs de renome nacional e também com reconhecimento internacional que estarão preparando novas leituras de pratos com ingredientes da culinária regional e local”, salienta o secretário de governo Frederico Felini.

O secretário Frederico Felini lembra que para degustar os pratos nas barracas serão preços acessíveis, e dará direito a voto no melhor prato. Além disso, será servido almoço no sábado e domingo também com preços populares. “o intuito proporcionar uma opção de lazer a mais para nossa comunidade, além de uma realização filantrópica, tudo o que for arrecadado será revertido na recuperação e reforma do prédio do Projeto Mirim que atende 400 crianças e adolescentes de nosso município”, relata Felini.

Um dos chefs que participará do Festival é Daniel Barbosa, 26 anos, natural de Campo Grande, é um dos chefes de cozinha mais conceituados de Mato Grosso do Sul. Atualmente é o Presidente da Associação de Cozinheiros Profissionais do Pantanal. Quem o vê hoje apaixonado pela cozinha, criando novos projetos, pratos e sabores, não imagina que o jovem chef de cozinha antes de usar o avental ganhava a vida como ‘cleaner’ na Nova Zelândia, país da Oceania.

AULA-SHOW

Uns dos destaques no festival gastronômico são, sem dúvidas, as aulas-shows, onde os Chefs ensinam aos inscritos a confecção do prato que ele vai apresentar e concorrerá ao prêmio de melhor prato do certame. Este ano serão 12 aulas-shows, que já estão com as inscrições abertas ao público, são inteiramente grátis e quem se inscrever com antecedência receberá certificado.

As inscrições podem ser realizadas na Secretaria de Assistência Social e Fundação de Cultura, junto a Biblioteca Municipal. Maiores informações através dos telefones 3454 13 63 ou 3454 2569. Além disso, as pessoas poderão se inscrever e participar em todas as aulas que começam na sexta-feira (09/11), em horários diferenciados e sábado durante todo o dia.

PRATOS

As aulas-shows começam na sexta feira com: Chef Luís Eduardo Vilella com prato: Cannoli recheado na hora com o recheio a escolha, acompanhado com uma geleia fresca de guavira; na sequência o Chef Paulo Machado Prato trará o prato: Estrogonofe de Jacaré do Pantanal.

No sábado, às 8h 30min tem aula-show com chef Marcilio de Souza Silva Junior Prato: Moqueca Pantaneira – Filé de Pacu frito ao molho de moqueca e farofinha de banana, já as 9h30 Chef Igor Bianchinni Samckuz com prato: Brisket Burnt Ends com Mac n’ Cheese (cubos de ponta de peito bovina glaceados com macarrão e queijo), ás 10h 30 é vez do chef Franklin da Silva com o prato: Sorvete de café, gel de pequi e maracujá, calda de tereré, tuille e farofinha de baru, às 11h o chef Marlon Libório Ferreira com o prato: Mojica de pintado com farofa de castanha e coco queimado.

As apresentações reiniciam no período vespertino, às 13h chef Carlos Antonio de Oliveira Brasil Junior/Weliton Diego Munaretto com prato: Panceta com canjiquinha no joelho de porco, e farofa de torresmo, às 14h a Che Magda Moraes apresentará o prato: Quindim de maracujá com coco de bocaiúva, creme de bocaiúva à moda anglaise e merengue com toque de açafrão e manjericão, às 15h é a vez do chef André Luis Fontana Pionteke apresentar o prato: Copa Lombo Laqueada, com purê de maçã, coalhada e pururuca, às 16h é a vez do chef Willian Peters de Souza com o prato: Moela de avestruz confit, molho de cogumelos e farofa de erva mate e milho, ás 17h o chef Paulo Taveira apresenta: Som Tam do cerrado, porco na lata e chutney de manga (Salada de mamão verde extraídas das ruas do MS), às 18 é a vez do Chef Daniel Barbosa apresentar: Sisig com cupim no conhaque.

Comentários