Federer bate Nadal em final de titãs na Austrália, leva 18º Slam e encerra jejum

Foram mais de 3h30 de jogo em Melbourne, com o suíço ganhando por 6-4, 3-6, 6-1, 3-6 e 6-3 e encerrando um jejum de quase cinco anos sem ganhar Grand Slams – o último fora Wimbledon 2012.

Apenas 17º favorito ao título na Austrália, Federer ganha pela quinta vez o primeiro Major da temporada (o último havia sido em 2010) e amplia sua vantagem como maior vencedor de Grand Slams de todos os tempos, agora com 18 conquistas.

ESPN

Nadal tem 14 e assim continua empatado com Pete Sampras na segunda posição.

Ele deixou para trás nomes como Tomas Berdych, Kei Nishikori e Stan Wawrinka, além do seu maior rival na grande decisão.

Um duelo tenso, de altos e baixos de ambos. Nadal chegou a ter uma quebra de vantagem no início do quinto set, mas Federer devolveu e abriu 5-3.

No último game, o suíço salvou dois break-points e teve que esperar o desafio até o derradeiro ponto para comemorar o título.

O resultado colocará Federer no top 10, exatamente na décima posição. Já Nadal chegará ao sexto lugar do ranking mundial da ATP.

O maior campeão de Grand Slams de todos os tempos tem agora cinco títulos no Australian Open, cinco no US Open, um em Roland Garros e sete em Wimbledon.

Comentários