Fazendeiro é multado em R$ 48,3 mil por uso de lenha e carvão ilegais

Durante fiscalização ambiental no município de Anaurilândia, a 370 quilômetros de Campo Grande, a Polícia Militar Ambiental encontrou na tarde de ontem (7), uma carvoaria que funcionava de forma ilegal em uma fazenda, a 16 quilômetros da cidade. Nas proximidades de 10 fornos que haviam na carvoaria foram encontrados 100 m³ de lenha  nativa, sem origem para ser processada, e mais 36 m³ carregados em dois caminhões. O proprietário foi multado em R$ 48,3 mil.

Segundo a PMA, o infrator apresentou licença ambiental da carvoaria, porém, não possuía a licença da madeira e do carvão que estavam no local, caracterizando funcionamento em desacordo com a autorização obtida.

A carvoaria foi interditada e foram apreendidos 136 m³ de madeira e 25 m³ de carvão nativos sem origem. O proprietário da carvoaria, que também é proprietário da fazenda, residente em Anaurilândia, foi autuado administrativamente e multado por realizar atividade potencialmente poluidora em desacordo com a autorização ambiental, além do uso de madeira e carvão ilegais. O infrator também poderá pegar pena de seis meses a um ano de detenção.

Comentários