Fazendas de Corumbá são alvo de operação que investiga furto de gados

Da Redação

Policiais cumprem mandado de busca e apreensão, durante Operação Punch (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Três fazendas em Corumbá, região pantaneira de Mato Grosso do Sul, são alvo da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros que cumpre mandados de busca e apreensão, durante operação Punch, nesta quinta-feira (4).

Segundo informações da polícia, as propriedades são investigadas por manter gado furtado. A equipe de policiais analisa as marcas de origem de cada animal. A operação conta com o apoio de funcionários da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal), e dever dura pelo menos 10 dias por conta do difícil acesso aos locais.

Mandados de busca e apreensão foram cumpridos em estabelecimentos comerciais e propriedades rurais de Corumbá. Além da carne imprópria para o consumo, os agentes da Polícia Civil apreenderam mais de R$ 100 mil em dinheiro, cheques; e uma pessoa foi até a delegacia para prestar esclarecimentos.

A operação foi batizada de Punch (porrada em inglês) em alusão ao codinome de um dos responsáveis pelo comércio ilegal de carne em Corumbá, que vem sendo investigado.

(Com G1)

Comentários