Famoso por vilão de "Oliver Twist" no cinema, Ron Moody morre aos 91 anos

O ator britânico Ron Moody, ganhador de um Globo de Ouro em 1968 por seu papel no filme “Oliver!” (1968), adaptação para o cinema do clássico “Oliver Twist”, de Charles Dickens, morreu aos 91 anos em um hospital, informou sua família nesta quinta-feira (11).

O ator britânico Ron Moody, que morreu aos 91 anos, em foto de setembro de 1999 Foto Michael Crabtree/Arquivo Pessoal via AP
O ator britânico Ron Moody, que morreu aos 91 anos, em foto de setembro de 1999 Foto Michael Crabtree/Arquivo Pessoal via AP

Em comunicado, a viúva, Therese Moody, expressou seu “grande pesar” e declarou que tanto os familiares quanto os fãs sentirão saudades do ator. “Ele trouxe alegria a esta família e aos corações de muita gente. Nunca deixou de cantar. Sentiremos muitas saudades”, escreveu Therese.

Moody ficou famoso por sua interpretação do vilão Fagin na adaptação do livro de Dickens, o que lhe rendeu um Globo de Ouro e uma indicação ao Oscar. A carreira do ator também inclui papéis na bem-sucedida novela britânica “EastEnders” e no filme “Um Garoto na Corte do Rei Arthur” (1995).

Nascido em 8 de janeiro de 1924, no norte de Londres, Moody começou no mundo da interpretação no final dos anos 1940. E foi quase 30 anos depois que ele teve sua grande oportunidade, em “Oliver!”, dirigido pelo britânico Carol Reed. O artista também encarnou o vilão Fagin no musical “Oliver”, da Broadway.

“O destino quis que eu interpretasse Fagin. Foi o papel da minha vida”, disse Moody em entrevista ao jornal “The Guardian” em 2002.

Comentários

comentários