Família abre caixão de adolescente depois de ouvir gritos de ‘socorro’

Jovem tinha sido enterrada há um dia. Parentes afirmam que o vidro que protegia parte do caixão foi quebrado por ela

Honduras – Neysi Perez, de 16 anos, foi declarada morta e enterrada em La Entrada, em Honduras, mas praticamente um dia após o enterro, o marido da moça a ouviu gritando e com a ajuda de familiares abriu seu caixão. Segundo ele, a jovem que estava grávida de três meses pedia por “socorro”, informou o “Daily Mail”. Após retirarem o corpo do túmulo, a jovem foi submetida a exames médicos que, apesar da esperança dos familiares, constataram que ela estava mesmo morta.

 Familiares quebraram túmulo de adolescente grávida após marido ouvir gritos de socorro Foto: Reprodução Internet

Familiares quebraram túmulo de adolescente grávida após marido ouvir gritos de socorro Foto: Reprodução Internet

“Ela gritava por socorro”, contou o marido da jovem à uma emissora local. “Já havia passado quase um dia desde o enterro. Não pude acreditar naquilo. Fiquei estático. Eu me enchi de esperança”, completou.

Familiares contaram que ao abrirem o túmulo da jovem, constataram que o vidro que protegia parte do caixão tinha sido quebrado e que seus dedos estavam machucados. Após os exames médicos, o corpo de Neysi foi novamente enterrado no mausoléu.

Neysi foi encontrada inconsciente após se levantar para usar o banheiro externo da casa em que morava no meio da noite. Grávida de três meses, ela foi encaminhada a um hospital próximo, mas não resistiu.

O DIA

Comentários

comentários