Explosivos são achados em estação de trem e aeroportos de Londres

Portal G1

Policiais isolaram área da estação Waterloo após serem acionados por causa de pacote com pequeno explosivo — Foto: Peter Nicholls/Reuters
Policiais isolaram área da estação Waterloo após serem acionados por causa de pacote com pequeno explosivo — Foto: Peter Nicholls/Reuters

A polícia britânica anunciou nesta terça-feira (5) que iniciou uma investigação de contraterrorismo após pequenos dispositivos explosivos serem encontrados nos aeroportos de Heathrow e City, além da estação ferroviária de Waterloo.

As autoridades informaram que os dispositivos improvisados parecem ser capazes de iniciar pequenos incêndios quando abertos. Ninguém se feriu nos três casos.

O Comando de Combate ao Terrorismo da Polícia Metropolitana de Londres está tratando os incidentes como uma série vinculada. Até o momento, ninguém foi preso.

A emissora Sky News afirmou que os pacotes tinham selos da Irlanda e que a polícia irlandesa estaria ajudando na investigação.

Edifício administrativo

No primeiro caso, aproximadamente às 9h55, pela hora local, a polícia foi informada de um pacote suspeito no Compass Center, edifício onde está sediada a empresa que administra o Aeroporto Heathrow. O pacote foi aberto por funcionários, fazendo com que o dispositivo começasse a se incendiar.

O edifício foi esvaziado por precaução e policiais especializados se certificaram de que o pacote já não seria uma ameaça. O prédio não fica junto aos terminais do aeroporto de Heathrow, mas do outro lado da pista e, portanto, os voos não foram afetados por este incidente.

Sala de correios

Por volta das 11h40, as autoridades foram chamadas por causa de um pacote suspeito achado na sala de correios da estação ferroviária de Waterloo. O pacote não foi aberto e oficiais especializados neutralizaram o dispositivo. A estação não foi evacuada, informa a polícia. Os serviços de trem continuam funcionando normalmente.

City Airport

Por volta das 12h10, ainda pela hora local, a polícia foi chamada por causa de outro pacote suspeito achado, desta vez, nos escritórios do edifício City Aviation House, que fica junto ao aeroporto London City. A equipe que trabalha ali foi tirada do prédio por precaução. O pacote não foi aberto e ninguém ficou ferido. As autoridades isolaram o dispositivo e o prédio foi reaberto.

Como precaução, o serviço do metrô leve que serve o Aeroporto City foi suspenso, mas em seguida foi retomado. Os voos não foram afetados.

Comentários