Ex que assassinou médica é entregue à polícia brasileira

Após ser preso no Paraguai acusado pela morte da médica Nislaine Colman Benites, 31, o brasileiro Rafael dos Santos, 35, foi entregue à polícia brasileira na tarde desta quinta-feira (15), em Ponta Porã.

Homem foi preso no Paraguai e entregue à polícia brasileira – Foto: Divulgação/PM

Ele foi detido por volta de 18h de ontem na região da colônia Aquidaban Cañada distante quase 60 quilômetros da fronteira.

Ilegal no país vizinho, Rafael foi expulso e entregue às autoridades brasileiras no departamento de imigração de Pedro Juan Caballero, cidade que faz divisa com Ponta Porã.

Já no Brasil, ele foi encaminhado até o Aeroporto Internacional, passando pela Polícia Federal e posteriormente levado à DAM (Delegacia de Atendimento a Mulher) onde será ouvido.

O Caso

Na manhã de ontem, Rafael invadiu o posto de saúde onde a vítima trabalhava e atirou contra ela, acertando três tiros. Ele é ex-marido de Nislaine e não aceitava o fim do relacionamento.

Em entrevista à imprensa paraguaia na manhã desta quinta, o rapaz contou que a médica teria começado um relacionamento com enfermeiro que trabalhava no mesmo local dela e ambos morariam juntos.

O fato chamou a atenção de Rafael que cometeu o homicídio contra a ex-esposa.

Comentários