Ex-prefeito é preso por morte de radialista

Redação

Divulgação/PF

O ex-prefeito de Coronel Sapucaia, Eurico Mariano, oi preso no Paraguai e extraditado para o Brasil nesta sexta-feira (11). Ele foi condenado em 2007 pelo homicídio do radialista Samuel Román, ocorrido em 2004.

Conforme a Polícia Federal, Eurico foi preso pela Polícia Nacional do Paraguai, em Capitán Bado, cidade vizinha de Coronel Sapucaia, município que ele administrou e fica a 380 km de Campo Grande.

O ex-prefeito foi condenado em 2007 pelo homicídio do radialista Samuel Román, ocorrido em 2004.  Eurico Mariano estava incluído na lista de procurados pela Interpol. Policiais federais descobriram onde ele estava escondido e repassaram a informação à Polícia Nacional.

O ex-prefeito foi entregue às autoridades brasileiras no aeroporto de Assunção, sendo transportado em aeronave da Polícia Federal até a cidade de Ponta Porã, onde começará a cumprir pena.

Comentários