Ex-marido de médica assassinada em posto de saúde é preso na fronteira

Rafael fugiu após crime, mas foi presos nesta noite, em solo paraguaio (Foto: Divulgação/Policia Nacional del Paraguay)

Foi preso na noite de quarta-feira, dia 14 de dezembro, Rafael dos Santos, de 35 anos, ex-marido da médica Nislaine Colman Benites, de 31 anos, morta a tiros por ele mesmo na manhã de ontem, enquanto trabalhava no posto de saúde do bairro Marambaia, em Ponta Porã.

Ele foi detido em operação conjunta entre policiais dos departamentos de Amambay e Concepcion, no Paraguai, na cidade de Bella Vista do Norte, que faz fronteira com a brasileira Bela Vista.

Médica foi morta hoje pela manhã em Ponta Porã – Foto: Divulgação

O suspeito usou pistola calibre 380 para cometer o crime e ao deixar do local, o acusado derrubou o capacete e foi identificado nas imagens de segurança do posto.

Na hora do crime, Nislaine tomava café na cozinha do posto quando viu Rafael chegar ao local com uma arma na mão. Ela ainda correu até o consultório, trancou a porta, mas Rafael teria disparado um tiro na fechadura e depois atirou várias vezes em Nislaine, que morreu no local.

A vítima era filha do vereador de Ponta Porã, Marcos Bello Benites (PSDB), reeleito neste ano.

Comentários