Ex-jogadores denunciam abuso sexual de técnicos em escândalo na Inglaterra

nintchdbpict000282983114-e1479399523989
Barry Bennell é acusado de abuso sexual (Foto: Divulgação)

O ex-atacante David White se tornou nesta quarta-feira (23) o quarto jogador inglês a admitir publicamente que sofreu abuso sexual de um treinador quando era criança. Os ex-atletas Andy Woodward, Steve Walters e Paul Stewart fizeram o mesmo nos últimos dias, trazendo à tona um escândalo no futebol do país.

White, Woodward e Walters disseram que foram abusados pelo assistente técnico Barry Bennell, que trabalhou com eles no Crewe Alexandra, atualmente na terceira divisão. Bennell foi condenado por pedofilia em 1998 e ficou nove anos preso.

Já Stewart disse que sofreu abusos entre os 11 e os 15 anos de um membro de comissão técnica cujo nome não foi revelado.

De acordo com a polícia de Cheshire, cidade onde fica o Crewe Alexandra, 11 ex-jogadores já relataram casos semelhantes desde o depoimento de Woodward, que foi o primeiro a falar publicamente da situação. A federação inglesa, segundo a BBC, espera que esse número aumente nos próximos dias.

“Por causa da coragem de Andy Woodward, muitos outros ex-jogadores e pessoas que quiseram ser atletas estão nos contatando”, disse o presidente da associação de jogadores profissionais da Inglaterra, Gordon Taylor. “Isso é um aviso para todos no futebol sobre nosso dever de cuidar das crianças. Precisamos agora aprender com isso”.

Comentários

comentários