EUA simulam derrubada de míssil sobre o mar após novo teste da Coreia do Norte

G1/JP

Míssil do sistema de Defesa de míssil balístico dos Estados Unidos é lançado nesta terça-feira (30) da base aérea de Vandenberg, na Califórnia (Foto: REUTERS/Lucy Nicholson)

Os Estados Unidos lançaram nesta terça-feira (30) um interceptador de míssil a partir de uma base na Califórnia. O objetivo foi simular a derrubada de um míssil balístico intercontinental que possa chegar ao país. O lançamento foi feito pelo Pentágono a partir da base Vandenberg, na Califórnia.

O projétil interceptador deverá voar sobre o Oceano Pacífico e derrubar um míssil que será lançado das Ilhas Marshall, no centro do Oceano. Segundo a agência Reuters, pode demorar algumas horas até que o Pentágono divulgue se o teste teve êxito.

O lançamento do interceptador pôde ser visto em um raio de mais de 80 km da base, mas a derrubada do míssil não seria visível em terra. De acordo com a agência Efe, trata-se da primeira vez que o Pentágono tenta derrubar um míssil de alcance intercontinental.

O teste é realizado dois dias depois de a Coreia do Norte disparar um míssil que percorreu 450 quilômetros em direção ao leste até cair em águas da ZEE (Zona Econômica Especial) do Japão, espaço que se estende cerca de 370 quilômetros a partir de seu litoral.

A Coreia do Norte segue tentando desenvolver tecnologia de mísseis de longo alcance capaz de chegar a território americano, bem como uma ogiva nuclear suficientemente compacta para ser armada em um míssil.

Comentários