EUA dizem que mantêm apoio ao Brasil na OCDE, mas não dão prazo

Diante da intensa repercussão da notícia de que os Estados Unidos preteriram o Brasil e apoiaram a entrada apenas de Argentina e Romênia na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), a embaixada do país norte-americano veio a público dizer que o compromisso com o Brasil está mantido – mas não para agora.

Na nota, divulgada em português pelo serviço diplomático, a embaixada informa que “a declaração conjunta de 19 de março do presidente Trump e do presidente Bolsonaro afirmou claramente o apoio ao Brasil para iniciar o processo para se tornar um membro pleno da OCDE e saudou os esforços contínuos do Brasil em relação às reformas econômicas, melhores práticas e conformidade com as normas da OCDE. Continuamos mantendo essa declaração”.

Comentários