Estudo aponta que os homens são mais suscetíveis a desenvolver doenças cardiovasculares

Mais da metade da população brasileira está acima do peso, segundo dados do Vigitel 2014. A pesquisa, encomendada pelo Ministério da Saúde, foi realizada com mais de 40 mil pessoas de todos os estados brasileiros e Distrito Federal. O sobrepeso está entre os principais fatores de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

Segundo cardiologista, a principal causa de doenças do coração é a falta de hábitos saudáveis
Segundo cardiologista, a principal causa de doenças do coração é a falta de hábitos saudáveis

São cerca de 340 mil brasileiros que morrem vítimas dessas doenças, de acordo com o DATASUS. Os dados preocupam ainda mais os homens: estudo do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia de São Paulo aponta que 60% das vítimas são do sexo masculino, com média de idade de 56 anos.

Para o Dr. Francisco Fonseca, presidente da Sociedade Latino-americana de Aterosclerose – SOLAT, um pequeno conjunto de fatores de risco responde pela grande maioria das mortes por doenças do coração. “Entre eles, destacam-se o tabagismo, o consumo excessivo de bebidas alcoólicas, alimentação inadequada e falta de atividade física”, explica o cardiologista.

Segundo o Vigitel 2014, a frequência de homens fumantes no Brasil é maior do que a de mulheres. Eles ainda consomem poucas frutas e hortaliças e apresentam consumo excessivo de sal, diferente das mulheres.

Para evitar sustos, o Dr. Francisco Fonseca esclarece que a melhor conduta é a prevenção. “Consultas regulares ao médico são essenciais para avaliar os fatores de risco, como controle de níveis de colesterol e pressão arterial, além de avaliação física. Hábitos simples e fáceis de adotar podem fazer toda a diferença para a saúde cardiovascular, como uma alimentação equilibrada, que inclua gorduras boas, por exemplo”, finaliza.

Comentários

comentários