Estudante de Nova Andradina representa MS no “Parlamento Juvenil do Mercosul”

Jovem escolhido para representar MS em projeto (Foto: Divulgação/Nova News)

O estudante Franco William dos Santos Souza, do 2º ano do ensino médio da Escola Estadual Luiz Soares Andrade, de Nova Andradina, foi selecionado como representante do Estado de Mato Grosso do Sul no Projeto do Parlamento Juvenil do MERCOSUL (PJM),  edição de 2016-2018.

O aluno apresentou o projeto autoral com temática “Jovens e Trabalho” para preparar os jovens para a universidade e o mercado de trabalho. “Por meio de parcerias com instituições de ensino superior, as escolas podem oferecer cursos de qualificação para os estudantes do ensino médio”, explicou.

De acordo com o site Nova News, o estudante foi eleito com 103 votos, em processo eleitoral online, com votação aberta entre os dias 31 de outubro e 7 de novembro, na página do projeto. “Fiquei muito ansioso durante a votação, que estava bem apertada, mas deu tudo certo. Todos na escola ficaram felizes, especialmente meus colegas e professores que me apoiaram. Espero agora levar o nome, não só da Escola Luiz Soares, mas de Nova Andradina, da Rede Estadual e do nosso Estado para o País e até para fora dele, colocando na cabeça dos jovens que temos oportunidade sim, basta se esforçar”, afirmou.

Turma do estudante selecionado para representar o Estado (Foto: Divulgação/Nova News)

Após a eleição, os jovens serão convocados para um curso de formação e receberão orientações sobre o papel do parlamentar juvenil. Durante o curso, serão elaborados o Plano de Trabalho Nacional e uma carta de recomendações referente à temática do PJM – “O ensino médio que queremos”, em um olhar que visa uma integração regional dos jovens parlamentares que, após discussões, acordam e recomendam a adoção de políticas educativas que promovam uma cidadania regional e uma cultura de paz e respeito à democracia, aos direitos humanos e ao meio ambiente. As datas, locais e cronograma do curso de formação serão definidos e divulgados posteriormente.

O Parlamento Juvenil do Mercosul, projeto realizado por meio de parcerias entre a Secretaria de Estado de Educação (SED), Ministério da Educação (MEC), Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (IFEP) e Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) oferecerá aos jovens, escolhidos para representar cada Unidade da Federação, mandato de dois anos.

 

Comentários

comentários