Erro judicial levou vereador para a cadeia em Amambai

Uma equipe da Polícia Civil coordenada pelo delegado titular local, Dr. Mikaill Alessandro Gouveia Faria prendeu, na manhã dessa segunda-feira, 4 de maio, um vereador de Amambai.

Segundo a Polícia Civil, Deivid Nicoline, que também é advogado e líder do Executivo na Casa de Leis, teve a prisão decretada pela Justiça da 1ª Vara Cível da Comarca de Ponta Porã por supostamente ter deixado de pagar pensão alimentícia a uma filha, hoje com 20 anos de idade, que atualmente mora com ele.

O parlamentar ficou recolhido na Delegacia de Polícia Civil de Amambai das 10h20 da manhã até o início da noite dessa segunda-feira, quando teve o alvará de soltura expedido pela própria Justiça de Ponta Porã.

Segundo as informações, o mandado de prisão contra o vereador foi em decorrência de um erro judicial. O processo já havia sido extinto já que a autora da ação teria informado a Justiça que todas as pendências estavam quites.

O vereador informou que tudo não passou de um mal-entendido e ele não tem nenhuma dívida de pensão.

A Gazeta News

Comentários

comentários