EPP executa brasileiro dentro de fazenda no Paraguai

Pessoas ligadas ao EPP (Exercito do Povo Paraguaio) são apontadas como principais suspeitas de executar um brasileiro dentro de fazenda localizada no estado de Amambay, na fronteira do Paraguai com o Mato Grosso do Sul. A vítima seria Avelino Camargo, que trabalha como capataz no local.

Integrantes do EPP deixaram veículos destruídos – Crédito: Mbykymi Notícias

O crime, segundo o Porã News, ocorreu na noite de segunda-feira (8), por volta das 22h.

Integrantes da “Brigada Indígena Contra Pistoleiros de Fazenda”, que faz parte do EPP, invadiram e executaram a vítima com vários tiros. O caso foi confirmado pelo CODI (Comando de Operações de Defesa Interna) na manhã desta terça feira. O líder do grupo já teria sido identificado.

O grupo, formado por aproximadamente 20 homens armados, ainda queimou um galpão no ataque, uma oficina mecânica, uma residência utilizada como sede da fazenda, carreta, tratores com os implementos agrícolas e uma caminhonete.

Segundo testemunhas, no momento do ataque à fazenda, 17 funcionários estavam no local, entre eles mulheres e crianças.

Comentários