Enfermeiros paralisam atividades por falta de pagamento de salários

Aproximadamente 80 enfermeiros do Hospital Evangélico paralisaram as atividades na manhã desta quinta-feira (15) em Dourados pelo atraso no pagamento dos salários e a falta de respostas da direção sobre o 13º salário. O grupo se reuniu na frente do hospital e com balões na cor preta, apito e usando nariz de palhaço os funcionários realizaram uma manifestação pedindo solução para o caso.

A paralisação teve início na manhã desta quinta-feira (15), apenas 30% estão trabalhando- Foto: Joandra Alves

A decisão pela paralisação ocorreu na última sexta-feira (09) durante assembleia realizada pela categoria junto ao Siems (Sindicato dos Trabalhadores na Área de Enfermagem), por não chegarem a um acordo com a administração do hospital,.

“Há três anos que os atrasos acontecem, porém neste ano em um acordo firmado com o Ministério Público Estadual foi decidido que seria pago parcelado, mas tem dois meses que isso não acontece e fica complicado trabalhar sem receber, ou atrasado pois temos compromisso com o dinheiro”, contou a técnica de enfermagem Crislaine da Silva Santos, 27 anos.

Assim como ela Sônia Moreno, conta que muitos trabalhadores estão passando por dificuldades por conta do atraso no pagamento e que não aguentam mais essa situação.

“É difícil pois trabalhamos pois precisamos do dinheiro para sobreviver, antes até o quinto dia útil pagavam metade do salário depois do dia 15 outra parte, mas agora nem isso e ainda não tem previsão de quando irá pagar o 13º salário, assim não tem condições de trabalhar”, desabafou Sônia.

A diretoria do hospital juntamente com o presidente do Siems, Lázaro Santana estão em reunião nesta manhã. Há tempo de o Hospital Evangélico vem passando por crise financeira. (Com Informações Dourados News)

Comentários