Encontro regado a pinga e crack acabou com um morto e outro gravemente ferido

No início da madrugada desta sexta-feira (12), a Polícia Militar de Três Lagoas registrou uma ocorrência na varanda de uma residência na Rua Egídio Thomé, na frente da empresa Cargil no bairro Jupiá.

Moradores de rua foram encontrados agonizando - Foto: TL Notícias
Moradores de rua foram encontrados agonizando – Foto: TL Notícias

Dois moradores de rua, um deles de 42 anos, foram espancados e uma das vítimas morreu e outra está gravemente ferida.

De acordo com o registro da ocorrência, Odair Rogerio Louzada, de 42 anos e outro homem estavam deitados em dois colchões, em uma região onde moradores de rua vivem. Testemunhas viram os homens agonizando no chão e chamaram o socorro. A polícia obteve a informação que além da bebida, o trio usava “crack”.

Equipes do Corpo de Bombeiros socorreram as vítimas que estavam com traumas graves na cabeça. Odair não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital, o outro morador, que não teve a identidade divulgada pela polícia, está em estado grave e ‘entubado’ no Hospital Auxiliadora.

Testemunhas contaram aos policiais que viram quando uma terceira pessoa discutia com os moradores de rua, no entanto, ninguém foi preso. Um pedaço de madeira usado nas agressões foi encontrado no local.

A testemunha informou a polícia que o autor seria uma pessoa negra, magra e que usava uma camiseta de cor branca e short vermelho. Mesmo com as buscas feitas pelas equipes da Rádio patrulha e ROTAI na região do Jupiá e Cinturão Verde, o homem não foi encontrado.

O caso foi registrado como homicídio simples e tentativa de homicídio na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) da cidade.

 

Comentários

comentários