Empresário mata mulher a tiros e depois comete suicídio

Mato Grosso do Sul registrou mais um caso de feminicídio nesta quarta-feira (8). O empresário identificado como Antônio Marcos matou a mulher a tiros. Regina Alez Herter Pereira era funcionária pública. Após o assassinato, o homem tirou a própria vida, em Jardim, a 233 km de Campo Grande.

Movimentação em frente a casa em que o crime aconteceu (Foto: Jardim Notícias)

O crime foi na casa da família. A delegada responsável pelo caso, Bárbara Camargo Alves, disse que eles estavam em processo de separação, mas ainda moravam juntos. Afirmou ainda que não havia registro policial, anterior, contra o empresário.

O casal deixou três filhos, dois adultos e uma criança de cinco anos, que estava na escola, no momento do assassinato. Nos primeiros 92 dias de 2019, Mato Grosso do Sul havia registrado 12 mortes por feminicídio. Os crimes aconteceram em 11 cidades do estado, a média é de 1 morte a cada 8 dias, segundo a Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública (Sejusp).

Comentários