Empresário de SP morre afogado no Rio Sucuriu

Jorge Yoshio Sato, 41, morreu afogado enquanto nadava no Rio Sucuriu, em Três Lagoas [MS], na tarde desta quinta-feira (31). A fatalidade aconteceu quando o empresário promovia uma festa de confraternização num rancho alugado, envolvendo cerca de cinquenta pessoas, entre funcionários, familiares e amigos.

Empresário foi encontrado na tarde de hoje - Foto: Reprodução/Facebook
Empresário foi encontrado na manhã de sexta-feira – Foto: Reprodução/Facebook

Conforme informações do jornal Impacto On Line, usando uma máscara de mergulho, Sato entrou na água ao lado de um trampolim e disse a seguinte frase, em tom de brincadeira: “Se eu não voltar vocês vão lá me pescar”.

A declaração é de Fabiano Alves de Brito, esposo de uma cozinheira do restaurante que integrava o grupo. “A maioria se divertia na piscina do rancho e apenas Sato foi nadar no rio. Em dez minutos sentimos a falta dele e em vinte bateu o desespero em todos”, relatou Brito.

Ainda conforme o jornal, mesmo achando que o comerciante havia se ausentado do local, iniciou-se uma varredura nas imediações, inclusive numa mata próxima. Bombeiros de Três Lagoas foram acionados em seguida, realizaram buscas, mas apenas na manhã desta sexta-feira (01), localizaram o corpo a cerca de 12 metros da margem e a nove de profundidade.

Como a vítima não se debateu na água ou gritou por socorro o grupo acredita que ela tenha sofrido um mal súbito ou infarto, mas não foi possível apurar a causa porque a família dispensou a necropsia, pelo tempo de espera para a chegada do legista e a liberação do corpo.

Comentários

comentários