Em sua quinta indicação, DiCaprio é o favorito para levar o Oscar de melhor ator

Para muitos fãs de cinema, o fato de Leonardo DiCaprio não ter um Oscar representa uma injustiça. Imagem Reprodução
Para muitos fãs de cinema, o fato de Leonardo DiCaprio não ter um Oscar representa uma injustiça. Imagem: Reprodução “O Regresso”

Se a mobilização dos fãs de Leonardo DiCaprio também pesar na votação da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, que a esta altura já envelopou os nomes dos vencedores do Oscar, o ator de 41 anos deve finalmente erguer o seu Oscar na cerimônia deste domingo amanhã, em Los Angeles (o canal pago TNT transmite ao vivo a partir das 20h30).

Favorito na disputa, após conquistar prêmios prévios como o Globo de Ouro e o troféu do Sindicato dos Atores, DiCaprio chegou a sua quinta indicação com o drama O Regresso, de Alejandro González Iñárritu, no qual vive um guia de expedição do século 19 abandonado pelos companheiros à própria sorte após quase ser devorado por um urso.

Muitos admiradores que acompanham o processo de amadurecimento do carismático ator desde que ele estreou ainda menino diante da câmera acreditam que ele já fez por merecer seu Oscar com trabalhos anteriores. Mas sua possível vitória não será injusta. Ainda mais por ele apresentar em O Regresso um perfil de personagem que, além do estofo dramatúrgico, cumpre a via-crúcis de sofrimento físico, purgação e redenção que a Academia tanto aprecia.

Empolgados com o favoritismo de DiCaprio, seus admiradores promoveram nas últimas semanas uma grande corrente virtual para ele não sair mais uma vez de mãos abanando da festa. Nas redes sociais, circulam diferentes memes que lembram a reação do ator nas cerimônias anteriores, games mostrando sua corrida para pegar o Oscar e, mais recentemente, convites para celebrar sua vitória.

No Facebook, foi criado o evento “Se o Leonardo DiCaprio ganhar o Oscar, todo mundo se encontra na (o)…¿, que já conta com comemorações agendadas em diferentes cidades do mundo. Em Porto Alegre, a festa está marcada para locais como a Redenção (185 pessoas confirmadas na manhã de ontem), a Lima e Silva (com 273 presenças) e a Goethe (31), além do Bar Bambus na Av. Independência (167).

DiCaprio no Oscar 2016 

 O Regresso (2015)
 Concorre com
Bryan Cranston (Trumbo)
Michael Fassbender (Steve Jobs)
Eddie Redmayne (A Garota Dinamarquesa)
Matt Damon (Perdido em Marte)

As outras indicações de DiCaprio 

 O Lobo de Wall Street (2013)
Concorreu com
Matthew McConaughey (Clube de Compras Dallas) *
Christian Bale (Trapaça)
Bruce Dern (Nebraska)
Chiwetel Ejiofor (12 Anos de Escravidão)

Diamante de Sangue (2006)
Concorreu com
Forest Whitaker (O Último Rei da Escócia) *
Ryan Gosling (Half Nelson – Encurralados)
Will Smith (À Procura da Felicidade)
Peter O¿Toole (Vênus)

 O Aviador (2004)
Concorreu com
Jamie Foxx (Ray) *
Johnny Depp (Em Busca da Terra do Nunca)
Don Cheadle (Hotel Ruanda)
Clint Eastwood (Menina de Ouro)

Gilbert Grape: Aprendiz de Sonhador (1993) **
Concorreu com
Tommy Lee Jones (O Fugitivo) *
Ralph Fiennes (A Lista de Schindler)
John Malkovich (Na Linha de Fogo)
Pete Postlethwaite (Em Nome do Pai)

* Vencedores  ** Concorreu como coadjuvante

Estatísticas do Oscar

Se Leonardo DiCaprio vencer, repetirá a trajetória de Jack Nicholson, que, até ganhar seu primeiro Oscar de melhor ator, com Um Estranho no Ninho (1975), concorreu quatro vezes, a primeira como coadjuvante.

— Se DiCaprio perder, entrará para o time de atores e atrizes com cinco indicações e nenhum Oscar: Albert Finney, Arthur Kennedy, Amy Adams e Irene Dunne.

— Meryl Streep é a grande recordista de indicações nas categorias de atuação do Oscar: concorreu 19 vezes, 15 como melhor atriz (ganhou duas) e quatro como coadjuvante (venceu uma).

— Jack Nicholson também concorreu em 12 ocasiões, sendo oito como melhor ator (ganhou duas) e outras quatro como coadjuvante (venceu uma). (Zero Hora)

Comentários

comentários