Em ritmo de feriado, Santos e Grêmio empatam sem gols no Pacaembu

Globo Esporte/JN

Peixe reclama de pênalti de Geromel em Rodrygo no segundo tempo; resultado é ruim para os dois

Em um jogo com cara de feriado, Santos e o mistão do Grêmio empataram por 0 a 0, na noite desta quinta-feira, no Pacaembu, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os jogadores do Peixe e o técnico Cuca reclamaram bastante de um pênalti de Pedro Geromel em Rodrygo, aos 32 minutos do segundo tempo, não marcado pelo árbitro árbitro Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO).

Jean Mota teve atuação discreta no primeiro tempo (Foto: Globo Esporte)

O resultado é ruim para ambos: após três vitórias seguidas, o Santos tem agora 28 pontos, em décimo, já na zona de classificação para a Copa Sul-Americana, mas seis abaixo do G-6. O Grêmio está agora na quinta colocação, com 41 pontos, cinco abaixo do arquirrival Internacional, seu próximo adversário.

PRIMEIRO TEMPO

O Santos teve mais a bola e chegou com mais força ao ataque em um primeiro tempo de soberania das defesas sobre os ataques. Mesmo com uma equipe mista, o Grêmio começou melhor, mas o jogo, aos poucos, passou a ter domínio santista, que poderia ter aberto o placar em finalização perigosa de Gabigol, muito bem defendida por Marcelo Grohe. Os gaúchos ameaçaram com maior perigo no último lance da etapa, quando Vanderlei evitou gol de Bressan após cobrança de escanteio.

SEGUNDO TEMPO

Santos e Grêmio erraram muito no início da etapa final e custaram a criar chances de perigo. Cuca colocou Daniel Guedes no lugar de Jean Mota e passou Victor Ferraz no meio. De nada adiantou. André, aos 11, bateu de primeira na área para Vanderlei defender. Aos 32, os jogadores do Peixe reclamaram muito de um pênalti depois que Geromel acertou Rodrygo na área. O árbitro Wilton Pereira Sampaio mandou o jogo seguir. Aos 47, Derlis González recebeu na direita e bateu forte. Grohe espalmou. Na sequência, Geromel puxou o contra-ataque e tocou para Alisson, livre, mas ele escorregou ao tentar passar por Vanderlei e tocou com as mãos na bola.

PÚBLICO E RENDA

Público pagante: 13.228 torcedores (16.083 total)

Renda: R$ 335.134,00

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here