Caminhoneiros em MS continuam com a paralisação nesta quarta-feira

Os caminhoneiros continuam com o protesto nesta quarta-feira (18), para revindicar o reajuste do frete, a redução do preço dos combustíveis e pedágios, um maior controle na chamada indústria de multas e a redução da carga tributária para o setor de transporte rodoviário de cargas.

A BR- 163, saída para São Paulo, e a BR-262, saída para Três Lagoas, na altura do posto Locatelli, Já foram fechadas para os caminhões. Carros de passeios e ambulâncias estão sendo liberados para passagem.

O movimento de protesto começou na sexta-feira (13), em Rondonópolis (MT) e recebeu o apoio do Movimento das Transportadoras de Mato Grosso do Sul.

Além da aprovação do projeto de Lei, a categoria afirma que a falta de reajuste do preço dos fretes está defasado há muitos anos e o alto valor do pedágio cobrado nas rodovias de Mato Grosso do Sul, cobram também a redução do preço dos combustíveis, o controle da indústria da multa e a redução da carga tributária.

 

 

Comentários