Em operação, Polícia Civil apreende 11 máquinas caça-níqueis

A Polícia Civil através da DEOPS  (Delegacia Especializada de Ordem Política e Social), realizou a operação Caça-Níquel na noite de ontem (29). A operação, que tem o intuito de combater a prática em Campo Grande, contou com o apoio da DERF (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos) e do DIP (Departamento de Inteligência Policial).

Os pontos da prática já haviam sido sondados pela equipe. De acordo com informações, a Polícia Civil já tinha conhecimento quanto ao número de instalações e funcionamento das máquinas. Foram identificadas três instalações, sendo uma no bairro Cabreúva, bairro Guanandi e Rua 14 de Julho, Centro.

As máquinas foram presas ontem (29) durante a operação (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
As máquinas foram apreendidas na noite de ontem (29), durante a operação (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Ao todo, os policiais apreenderam 11 máquinas caça-níqueis e uma aparelhagem de som conhecida como Jukebox, o qual operava sem licença. Segundo o delegado titular da DEOPS Wilton Vilas Boas de Paula, “tais atividades, além de ilícitas, operam-se na clandestinidade e, em razão disto, ficam à margem do papel fiscalizatório decorrente do poder de polícia, o qual visa à busca dos fundamentos e preceitos que orientam as atribuições da Polícia Civil”.

Após serem capturados e prestarem o compromisso para o comparecimento ao Juizado Especial Criminal, os autores, José Luiz da Silva, 49 anos, e Paulo Rogério Teles, 46 anos, responsáveis pelas máquinas, foram liberados para responderem ao processo em liberdade.

Comentários

comentários