Em MS, 31 urnas apresentam problemas e 9 são trocadas em zonas eleitorais, registra TRE

Até às 9 horas deste domingo, 31 urnas apresentaram problemas e precisaram ser substituídas, ou passaram por manutenção no Estado, 13 dos casos registrados aconteceram em Campo Grande – maior colégio eleitoral do Estado.

De acordo com o primeiro boletim divulgado pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul), 31 urnas apresentaram problemas no início desta eleição. Delas, 22 precisaram de ajuste por erro de data e horário ou trocas de tomadas.

Em Campo Grande, 10 equipamentos precisaram de manutenção. Todos os problemas foram resolvidos com o apoio do técnico de urna.

Nos outros nove casos, os equipamentos precisaram ser substituídos por apresentarem problemas no visor e leitura biométrica do terminal do eleitor e erros de hardware. Foram registrados três trocas na Capital, quatro em Dourados, uma em Corumbá e uma em Bonito.

Ainda conforme o TRE-MS, em Campo Grande as urnas foram trocadas na Escola Municipal Professor Oneida Ramos, na Escola Municipal Professor Nelson de Souza Pinheiro e no Colégio Maria Lago Barcelos.

No primeiro turno, dos 6.853 equipamentos utilizados em Mato Grosso do Sul, 84 urnas acabaram substituídas, o que corresponde a 1,23% do total.

Comentários