Em cinco dias mais de 17 mil eleitores participaram do processo de revisão eleitoral em Corumbá e Ladário

Revisão de eleitorado e cadastramento biométrico obrigatório teve início no dia 1º de julho

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS) iniciou, na última segunda-feira (01), o processo de revisão eleitoral e cadastramento biométrico dos eleitores de Corumbá e Ladário. Já na primeira semana, o total de 17.545 pessoas compareceram para o cadastramento, sendo que 25,27% desse número foi em Corumbá, e 17,36% em Ladário.

Os atendimentos nas duas cidades estão sendo realizados por ordem de chegada. Os eleitores devem portar um documento oficial de identificação com foto e comprovante de residência atualizado. Homens maiores de 18 anos, que irão tirar o título pela primeira vez, também devem levar o comprovante de quitação militar.

Vale lembrar que o comparecimento é obrigatório sob pena de cancelamento do título de eleitor.

Os procedimentos seguem até o dia 1º de novembro em ambas as cidades. Até lá, todos os eleitores dessas localidades deverão ir aos postos da Justiça Eleitoral nos endereços abaixo:

Corumbá: Rua Duque de Caxias, 45, no bairro Nossa Senhora de Fátima, com atendimento das 12h às 19h.

Para mais informações, ligue: (67) 3231-7622 / (67) 3233-3885.

Ladário: Avenida 14 de Março, 805, Centro, ao lado do Banco do Brasil com atendimento das 08h às 11h e das 13h às 17h.

Para mais informações, ligue: (67) 3232-0577.

Biometria

A biometria é uma tecnologia que dará ainda mais segurança à identificação do eleitor no momento da votação. O leitor biométrico acoplado à urna eletrônica deve confirmar a identidade de cada eleitor, comparando o dado fornecido (impressões digitais) com todo o banco de dados disponível. A medida torna praticamente inviável a tentativa de fraude na identificação do votante, uma vez que cada pessoa tem impressões digitais únicas.

Lembrando que o cadastramento biométrico é obrigatório, sob pena de cancelamento do título de eleitor. Com isso, o TRE-MS orienta que o eleitor procure o quanto antes os atendimentos, evitando filas e muito tempo de espera.

Comentários