Em carta a bispos, Papa Francisco afirma que gostaria de visitar Aparecida

G1/JN

Em carta aos bispos reunidos na assembleia do Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam), o Papa Francisco disse que “gostaria de poder visitar o Santuário”. O pontífice já afirmou, em outras ocasiões, que não virá ao Brasil para as comemorações de 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora de Aparecida, que acontece em outubro.

Papa Francisco beija a imagem de Nossa Senhora Aparecida em visita ao Santuário Nacional em Aparecida em 2013 – Foto: Carlos Santos/ G1

O Celam reúne 22 bispos do Brasil em El Salvador e termina nesta sexta-feira (12). Em carta enviada nesta segunda-feira (8) aos integrantes da assembleia ele lembra as comemorações dos 300 anos da Padroeira do Brasil e diz que gostaria de visitar o santuário.

“Quero me aproximar de você nestes dias de Assembleia que tem como ‘música de fundo’ a comemoração do 300º aniversário de Nossa Senhora Aparecida. E com vocês eu gostaria de poder visitar o Santuário”, diz trecho do documento traduzido.

O papa havia prometido em 2013, quando veio ao país para a Jornada Mundial da Juventude, que voltaria a Aparecida em 2017. Apesar disso, o então arcebispo de Aparecida, Dom Raimundo Damasceno, disse no ano passado que o pontífice afirmou não viria ao país.

Em abril, o prefeito de São Paulo, João Dória (PSDB), foi ao Vaticano e pediu que o Papa Francisco reconsiderasse a decisão. Segundo o tucano, ele teria dito que a mudança de planos seria “difícil”.

No documento, Francisco ainda conta sobre o encontro da imagem 300 anos atrás, por pescadores. Afirma ainda que, mesmo três séculos depois, o encontro da imagem e como ele se deu continua a ensinar.

Comentários