Em briga de bar, homem que saiu da prisão há 3 dias morre ao levar ‘garrafada’ no pescoço

Antes de morrer, o homem de aproximadamente 35 anos, conhecido como “Cachorro” que foi ferido com uma garrafada no pescoço na tarde desta quarta-feira (14), chegou a caminhar 80 metros, de acordo com o delegado Sérgio Luiz Duarte, titular da 4ª Delegacia de Polícia Civil. O crime aconteceu em um bar na rua Bonanza, Jardim Itamaracá, região Sul de Campo Grande.

Vítima é conhecida apenas por 'Cachorro'
Vítima é conhecida apenas por ‘Cachorro’

O autor, conhecido no bairro como “Padeiro”, fugiu e não foi localizado pela polícia. O crime foi por volta das 15h no bar Nova Esperança, no cruzamento das ruas Abunã com a Zulde Lage.

Segundo informações de testemunhas, antes do crime, os envolvidos bebiam juntos e começaram a discutir. Padeiro quebrou uma garrafa [de cerveja] e feriu o outro. “Havia um grupo que estava bebendo, a vítima foi para o local e aconteceu o desentendimento”, enfatizou o delegado.

Diligências estão sendo realizadas na região para “qualificar e identificar o autor do crime”. A vítima também não foi identificada ainda.

Equipes da Polícia Militar, do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Polícia Civil e perícia também foram enviadas ao local. As causas do crime estão sendo apuradas pelas corporações.

Comentários

comentários