Em 3ª passagem, Felipão tem chance de redefinir como será lembrado

Gazeta Esportiva.com

Técnico Felipão foi ironizado por torcedores no Allianz Parque em 2015 (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

Esperado pelo Palmeiras na próxima semana, Luiz Felipe Scolari se prepara para sua terceira passagem. De volta ao clube em que já foi idolatrado e contestado pela torcida, o técnico de 69 anos terá a chance de redefinir como será lembrado no futuro.

Um dos principais treinadores da história do clube fundado em 1914, Felipão ocupa o segundo lugar na lista dos profissionais que mais comandaram o Palmeiras, atrás apenas de Oswaldo Brandão (585). Em duas passagens (1997-2000 e 2010-2012), ele acumulou 408 partidas.

Algoz do Palmeiras como técnico do Grêmio, Felipão foi contratado em 1997 com o objetivo de conduzir o time alviverde ao Mundial Interclubes. Além da sonhada Copa Libertadores 1999, ganhou a Copa do Brasil 1998, a Copa Mercosul 1998 e o Torneio Rio-São Paulo 2000.

Em sua primeira passagem, com um time aguerrido e talentoso, Felipão soube como inflamar a torcida e protagonizou resultados históricos. Entre outros feitos, o Palmeiras eliminou o Corinthians duas vezes seguidas na Copa Libertadores em 1999 e 2000 e virou um jogo heroico sobre o Flamengo na Copa do Brasil 1999.

Comentários